Instrumentos para a detecção de gás tóxico e inflamável estão, geralmente, disponíveis em dois formatos diferentes: portátil, isto é, detectores de “leitura local” e monitores “fixos” permanentemente. Qual desses tipos é o mais apropriado para uma aplicação em particular dependerá de vários fatores, incluindo a frequência na qual a área é acessada pelo pessoal, as condições do local, se o perigo é permanente ou transitório, qual a frequência necessária de testes e, por último, mas não menos importante, a disponibilidade financeira.

Detectores de gás portáteis são classificados como um tipo de Equipamento de Proteção Individual (EPI), desenvolvidos para manter o pessoal seguro à perigos de gás e permitir testes móveis do local onde entram. Estes pequenos dispositivos são essenciais em muitas áreas onde os perigos causados por gás podem ocorrer, pois eles são os únicos meios de monitorar a zona de respiração do operador de forma contínua, estando parado ou em movimento.

Embora, a detecção de gás fixa forneça sozinha proteção pessoal, ela não pode mover-se com o operador e isto cria a possibilidade de que o operador entre em uma área além do perímetro de detecção do detector fixo.

Muitos locais empregam uma combinação de detecção de gás fixa e portátil, mas às vezes a detecção de gás portátil é utilizada sozinha. Essa escolha pode ser feita pelas seguintes razões:

  • • A área pode não ser acessada por pessoal com muita frequência, tornando a inclusão de detecção de gás fixa um custo elevado;
  • • A área pode ser pequena ou de difícil acesso, tornando o posicionamento de uma detecção de gás fixa impraticável;
  • • A aplicação que necessita da detecção pode não ser fixa.

A legislação e a conformidade regulatória em alteração, combinada com os pré-requisitos envolvendo a segurança estão tornando o uso de detectores de gás portáteis mais prevalente em muitos setores. Há um grande percurso dentro de muitas instalações, sendo a agilidade da detecção de gás portátil no local a única forma de lidar com isso. Além dos requisitos legais (onde a conformidade é obrigatória), muitas instalações também escolhem implementar regras específicas para a instalação, for exemplo, testar os sensores de um detector de gases portátil antes da utilização por qualquer operário.

por Don Galman.